A “INVENÇÃO” DE UMA COMUNIDADE: NARRATIVAS DE RESISTÊNCIAS E TRADIÇÃO ORAL EM BALBINO – CE

Camila Mota Farias

Resumo


Este artigo discute a tradição oral na “invenção” da Comunidade de Balbino-CE, que na década de 1980 passou por um processo de especulação imobiliária, desencadeando uma organização política dos moradores para conquistarem a posse de suas terras. Neste processo reorganizaram-se narrativas que (re)constroem a origem da Comunidade, transmitidas de geração para geração. A metodologia utilizada na pesquisa é a História Oral, permitindo a compreensão de como os sujeitos (re)constroem histórias, atribuem significados e criam identidades. A investigação em Balbino mostrou que a tradição oral sobre a origem da localidade se constitui por narrativas de resistências que envolvem a necessidade de se firmarem enquanto donos daquela terra, filhos de Balbino, criando, assim, um mito de origem.

Palavras-chave


Comunidade; Identidade; Tradição Oral

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.