A POLÍTICA INDIGENISTA E A RESISTÊNCIA DOS WAIMIRI- ATROARI NO CASO BALBINA, 1979 A 2012

Eduardo Gomes da Silva Filho

Resumo


Este artigo é fruto de pesquisa científica em sua fase inicial, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Amazonas, Pretendemos discutir a política indigenista praticada pela Funai, Eletronorte e o programa Waimiri-Atroari no caso da construção da Usina Hidrelétrica de Balbina. Nós analisaremos o discurso produzido por estas instituições em detrimento do discurso de ambientalistas, antropólogos e exmissionários do Conselho Indigenista Missionário do Amazonas, que possuem visões antagônicas acerca da construção da Hidrelétrica e do deslocamento compulsório do povo Waimiri-Atroari . Destacaremos também, o processo de superação deste povo, através de práticas de resistências.

Palavras-chave


Política indigenista; Waimiri-Atroari; Balbina

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.