ALFONSUS DEI GRATIA REX PORTUGALIE, ET JUDICATU DE BAYAM : ESTADO NO PORTUGAL DO DUZENTOS

Thiago Pereira da Silva Magela

Resumo


O presente artigo tem como objetivo principal propor uma nova perspectiva de análise das relações de dominação no medievo português. O Estado volta ao centro do debate como conceito analítico chave em nossa proposta. As contribuições da antropologia e do marxismo nos auxiliaram na aproximação e construção desse modelo de Estado português. O reinado de Afonso III nos parece um momento de inflexão no que chamamos Estado. Sendo assim, o leitor desfrutará de um artigo que se propõe como uma saída para a negação do conceito de Estado para a Idade Média, e por outro lado, uma alternativa para aqueles que vêem um Estado super Moderno e avant la lêttre.O Estado sob o reinado de Afonso III está em conexão direta com as relações sociais de produção e atua em defesa da reprodução da dominação social.

Palavras-chave


Portugal; Afonso III; Estado; Dominação; Poder

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.