A CPT E OS CONFLITOS DE TERRA EM PERNAMBUCO (1986-1994)

Samuel Carvalheira de Mapeou

Resumo


Como problemática central, este texto procura compreender a atuação da Comissão Pastoral da Terra (CPT) nos conflitos de terra de Pernambuco a partir de meados da década de 1980. A CPT Nacional surgiu em 1975 e teve suas origens relacionadas à questão da expansão agropecuária na Amazônia. Esta organização só surgiu em Pernambuco em agosto de 1988, como resultado não só de uma ruptura com experiências anteriores da Igreja no meio rural, ocorridas desde os anos 1960, mas também de um conflito com parte da hierarquia da Igreja local. Uma vez criada, ela se engajou nos conflitos de terra do estado e passou a desempenhar um papel importante nos movimentos de ocupação de engenhos improdutivos. Em dois desses conflitos, ela teve uma atuação efetiva e constituiu as suas práticas: o Engenho Pitanga (1986 e 1987) e o Engenho Ubú (1994).

Palavras-chave


Comissão Pastoral da Terra-CPT; Zona Canavieira de Pernambuco; Luta Pela Terra

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.