MOBILIÁRIO: CADEIRAS AUSTRÍACAS E TRADUÇÃO (1890 - 1920)

Wesley Nazareno Queiroz

Resumo


O presente artigo visa abordar o mobiliário na cidade de Fortaleza, detendo-se sobre uma peça específica: a cadeira de origem e inspiração austríaca. A cadeira austríaca foi escolhida por representar a transição do trabalho artesanal para o serial e industrial. Apesar de não possuir estilo inédito, representa novidade e modelo a se seguir. Foi um dos últimos modelos europeus a se importar, copiar e traduzir no Brasil. Entendemos o mobiliário como uma expressão material da produção de uma cultura na sociedade, a cultura material é compreendida dentro das relações simbólicas e de consumo, gerando símbolos e estabelecendo uma identidade social para os indivíduos. Analisando esse mobiliário, entre outras estruturas próximas ao homem, se pode ver a vida material de determinada sociedade

Palavras-chave


Mobiliário; Cultura Material; Consumo; Identidade Social

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.