UMA LEITURA COMPARADA ENTRE AGOSTINHO E KIERKEGAARD: SEMELHANÇAS ENTRE OS CONCEITOS DE GRAÇA E CONDIÇÃO

Erison de Sousa Silva

Resumo


Santo Agostinho (354 d.C – 430 d.C) foi um autor que trabalhou o conceito de graça, dentro de uma controvérsia contra Pelágio  (350 – 423 d.C). Kierkegaard (1813 – 1855 d.C) foi um autor dinamarquês que escreveu o livro “Migalhas Filosóficas” sob o pseudônimo de Clímacus, e apresenta o conceito de condição. Os conceitos de graça e o de condição apresentam semelhanças em relação a falta de centralidade da categoria da vontade, tão admirada pelos moralistas. O objetivo deste artigo é apresentar as categorias centrais dos dois autores e demonstrar as semelhanças entre ambos.

Palavras-chave


Agostinho; Kierkegaard; Graça; Condição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Universidade Estadual do Ceará - UECE

Centro de Humanidades - CH

Curso de Graduação em Filosofia                                   

Occursus - Revista de Filosofia

ISSN: 2526-3676

Qualis B3


APOIO: