A violência contra a mulher na dimensão cultural da prevalência do masculino

Maria do Socorro Ferreira Osterne

Resumo


Este artigo trata da violência contra a mulher. Questiona por queexistem as desigualdades de gênero e aponta o machismo como uma fortetendência à naturalização dos privilégios masculinos e da subordinaçãofeminina. Aborda o uso da categoria gênero como o anúncio de mudançade patamar analítico no tocante ao feminino e ao masculino. Enfatiza aviolência contra a mulher como um dos principais indicadores da discriminaçãode gênero. Tenta definir as diversas formas de manifestação da violênciacontra a mulher e seu caráter de transversalidade. Sugere adentrar na searado polêmico debate entre público e privado como tentativa de politizar aviolência de gênero, mas pretende desmistificar o argumento da vitimaçãodas mulheres. Faz, enfim, algumas indicações prioritárias no combate aomachismo, à prevalência do masculino e à violência de gênero como formade consolidação de uma efetiva Política Pública para as Mulheres no Brasil.

Palavras-chave


Violência, Machismo, Gênero, e Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


O público e o privado - Revista do PPG em Sociologia da Universidade Estadual do Ceará - UECE